24/07/2014



Leitores - 24/07/2014

Leitores On Line


Participe da coluna A Voz dos Leitores, enviando texto e fotos para leitores@avozdaserra.com.br. Mensagens sem identificação completa e textos digitados com todas as letras maiúsculas serão desconsiderados para publicação. Em razão do espaço, os textos podem ser resumidos ou editados. O jornal também se reserva o direito de publicar ou não as cartas dos leitores. Para o envio de fotografia, o leitor confirma que é o autor da mesma ou possui autorização para distribuí-la, e autoriza expressamente o jornal A VOZ DA SERRA a publicá-la no meio impresso ou digital. 


25 de Julho - Dia da Mulher Afro-Latino-Americana e Caribenha

A data foi criada em 1992, durante o I Encontro de Mulheres Afro-Latino-Americanas e Afro-Caribenhas, em Santo Domingos, República Dominicana. Estipulou-se que este dia seria o marco internacional da luta e da resistência da mulher negra. Desde então, sociedade civil e governo têm atuado para consolidar e dar visibilidade a esta data, tendo em conta a condição de opressão de gênero e racial/étnica em que vivem estas mulheres, explícita em muitas situações cotidianas. O objetivo da comemoração de 25 de julho é ampliar e fortalecer as organizações de mulheres negras, construir estratégias para a inserção de temáticas voltadas para o enfrentamento ao racismo, sexismo, discriminação, preconceito e demais desigualdades raciais e sociais. É um dia para ampliar parcerias, dar visibilidade à luta, às ações, promoção, valorização e debate sobre a identidade da mulher negra brasileira. E por falar em mulheres negras, uma maravilha de representante da raça/etnia negra chama-se Ana Júlia Santos Monteiro e completou o seu 1º aninho no último dia 19. A você, Ana Júlia, toda energia das famílias Santos, Monteiro de Souza e Rodrigues Gouveia. 

Ilma Santos


Ponto de Vista

 Fico alegre com a oportunidade que A Voz da Serra nos dá, a cada semana, de encontrar com um Ponto de Vista que pode nos fazer parar e pensar um pouco sobre tudo aquilo que, com a pressa do cotidiano, deixamos sempre para depois. O artigo de Rodrigo Garcia deu em poucos parágrafos uma visão geral sobre o uso do petróleo que me pareceu bem precisa. Mas o que de mais importante o artigo teve a sensibilidade de indicar é que uma questão aparentemente tão distante, que só diria respeito aos governantes, economistas ou empresários, tem incidência direta sobre a vida, a vidinha de cada um de nós.

Anna Carolina Lo Bianco


A Voz da Serra no Facebook

Descaso

"Descaso público! É só o que vemos.” (Janete Araujo, sobre a matéria "50 anos depois do fim da linha de trem, Rua Gertrudes Stern ainda está longe do ‘progresso’”, edição de 22/07/14)

 

Participe desta seção com seus comentários pela página do jornal A VOZ DA SERRA no Facebook. www.facebook.com/avozdaserra


Colunistas

Outras Colunas