22/04/2008



Provinha Brasil: MEC aplica teste para analisar aprendizado de alunos no 2º ano


Ministério da Educação resolveu avaliar como as crianças estão sendo alfabetizadas em todo o país através da Provinha Brasil. Até o fim do mês, milhares de alunos de escolas públicas devem participar do exame. O objetivo é avaliar o nível do aprendizado e saber se, ainda durante o primeiro ciclo do ensino fundamental, os pequenos aprenderam realmente a ler e escrever. Assim, o MEC quer evitar que eles cheguem analfabetos ao fim do 5º ano, como acontece em muitos casos.
A prova tem 24 questões de múltipla escolha e três discursivas. Com isso, alunos de 6 a 8 anos que estejam no 2º ano do ensino fundamental testarão as habilidades de formar palavras e frases.
O MEC indicou o mês de abril para a aplicação da prova, mas as escolas têm liberdade para realizá-la em qualquer momento do ano. A adesão das secretarias municipais e estaduais de Educação é voluntária e os resultados não serão divulgados, a fim de evitar competições.
A partir da provinha, professores, diretores e secretários de Educação poderão identificar deficiências do modelo pedagógico adotado e corrigir distorções. O kit da provinha está disponível no site do Inep (http://provinha brasil.inep.gov.br). Além do modelo da prova, ele inclui um caderno para o professor, com gabarito e guia para interpretar as questões.

NOVA FRIBURGO VAI ADERIR AO EXAME
Em Nova Friburgo, a Prefeitura avisou que as escolas do município vão aderir à prova. A Secretaria Municipal de Educação só não decidiu ainda quando as provas serão realizadas, mas garantiu que todas as unidades da rede municipal que têm alfabetização farão o exame.
Luís Fernando Figueira, de 7 anos, aluno do 2º ano do Ciep Glauber Rocha, no Prado, é um dos mais empolgados para testar seus conhecimentos. “Gosto muito de ler. Tomara que não seja muito difícil”, diz. Sua professora, Lúcia Cavalcanti, acredita que a maior dificuldade será a múltipla escolha, já que alguns alunos ainda estão aprendendo a ler. “É ótimo que eles participem. Grande parte das provas que terão pela frente será de múltipla escolha. Assim, vão se acostumando com o modelo”, afirmou.

BANDA LARGA PARA ESCOLAS DE 38 CIDADES
Até junho, 160 escolas públicas de educação básica de 38 municípios do Rio terão internet por banda larga (de alta velocidade) em seus laboratórios. O Ministério da Educação (MEC) firmou parcerias com a Anatel e operadoras de telefonia para beneficiar duas mil escolas públicas em todo o país nos próximos dois meses, e 20 mil até o fim do ano.
A secretária municipal de Educação, Beatriz Abicalil, informou que ainda não recebeu nenhum comunicado sobre Nova Friburgo ter sido incluída entre os 38 municípios do estado contemplados inicialmente com internet para os laboratórios de algumas das escolas de educação básica.
Até 2025 a União pretende incluir todas as 56.685 unidades de escolas públicas existentes no Brasil no programa, que prevê também a capacitação de professores para a utilização da tecnologia.

Deixe seu comentário

Colunistas

...

...

...

Outras Colunas

Leia o Jornal a Voz da Serra Digital, e fique sabendo tudo que acontece na região serrana!
+ Veja mais Charges