06/06/2012



Mulher é agredida com golpes de paralelepípedo por jovem de 18 anos em noite de horror na Fazenda da Laje


Preso, acusado denunciou o tráfico e permitiu à PM apreensão de armas e mais de cem papelotes de cocaína. Na operação, mais dois homens foram presos e um adolescente encaminhado à Justiça

Numa operação conjunta dos Patamos 1 e 2 do 11º BPM, Uanderson da Silva Tardone, o Batoré, 18 anos, foi preso na madrugada de ontem, 5, na Avenida dos Ferroviários, altura do Jardim Ouro Preto, distrito de Conselheiro Paulino, com o Gol cinza, LCM 5671, de uma mulher de 24 anos, moradora de Bom Jardim. Ela está internada em estado grave no Hospital Municipal Raul Sertã desde o último sábado, 2, após ter sido violentamente espancada e tido a face desfigurada com golpes de paralelepípedo na cabeça. A agressão ocorreu na Estrada Fazenda da Laje, próximo ao cemitério Trilha do Céu, depois que Batoré e a mulher retornaram de um bar em Bom Jardim. Ao ser preso, Batoré confessou a tentativa de assassinato e surpreendeu os policiais ao declarar que toda vez que usa drogas tem alucinações e desejo de matar. “Tenho sede de sangue”, disse friamente aos policiais militares.
Interrogado pelos PMs, Batoré revelou que conheceu a vítima num churrasco na sexta-feira passada, 1º, em Bom Jardim, e de lá acompanhou-a até um bar na localidade conhecida como Barra de Santa Teresa. No bar, Batoré envolveu-se numa briga e convenceu a mulher a acompanhá-lo até Nova Friburgo. Eles viajaram no Gol da vítima e já no Alto do Floresta, o Morro do Dedé, Batoré desviou a rota, seguindo para a Fazenda da Laje, com a desculpa de adquirir cocaína na casa de um amigo. Num trecho ermo e sem iluminação da estrada ele cometeu a barbaridade. Após agredi-la violentamente, Batoré recolheu os documentos da vítima e a abandonou na estrada, acreditando que estava morta.
A mulher só foi encontrada agonizante horas depois por populares, que acionaram a polícia. O Corpo de Bombeiros a removeu para o hospital numa UTI móvel. Batoré foi conduzido à Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam), autuado pela delegada Grace Arruda e será transferido para um presídio na capital.

Batoré já era conhecido da polícia por envolvimento com drogas quando menor

Na madrugada de ontem, quando policiais militares encontraram Batoré na Avenida dos Ferroviários, ele estava sob efeito de drogas e, além de confessar friamente a agressão à mulher, delatou alguns membros do tráfico de drogas no Alto do Floresta, que seriam seus desafetos. A denúncia permitiu que a PM desencadeasse uma operação de repressão à atividade ilícita naquele loteamento. Com um adolescente de 17 anos, os policiais apreenderam um revólver 38 e 116 papelotes de cocaína, camuflados na caixa de uma bomba d’água no quintal da casa de sua avó. O menor foi conduzido à 151ª DP acompanhado pela mãe e em seguida encaminhado à Promotoria da Infância e Juventude de Nova Friburgo.
Ainda na mesma operação a PM prendeu no Alto do Floresta Charles de Souza dos Santos, 18 anos, com um revólver 32 e outro de calibre 38. Também foi detido para averiguação um homem de 28 anos.
A operação policial foi realizada pelas equipes do Patamo 1, integrada pelo sargento Deusedino, cabo Claussen e soldado Diogo e do Patamo 2, sargentos Sainato e Demani e soldados Severo e Denis.


Após denúncia, homem é preso com cocaína e dinheiro no Cordoeira

Na noite do último sábado, 2, policiais do Patamo 2 do 11º BPM prenderam em flagrante Márcio Brás Teixeira, o Buzina, 29 anos, durante uma operação de repressão ao tráfico de drogas no Cordoeira. A ação foi motivada por informação anônima passada à central 190 do batalhão. Buzina foi surpreendido numa localidade conhecida como Torre com 60 cápsulas plásticas de cocaína, todas com selos alusivos a facções criminosas e que seriam vendidas por R$ 30, cada. Buzina estava também com R$ 69 apurados com a venda ilícita pouco antes de ser abordado pela equipe dos sargentos Sainato e Demani e os soldados Dênis e Severo.
Após receberem a denúncia, os PMs se mantiveram em tocaia numa trilha com acesso pela Favela do Trem, de onde puderam observar a movimentação do tráfico de drogas. Segundo a polícia, Buzina mantinha a carga de pó camuflada numa sacola plástica junto às raízes de uma bananeira e sempre que era abordado por viciados recebia dinheiro e em seguida buscava a “encomenda” na árvore. Diante do flagrante, Buzina foi conduzido à 151ª DP, mas recusou-se a fornecer mais informações sobre a atividade ilícita, alegando que só prestará depoimento em juízo. Ele foi conduzido ontem, 5, a um presídio da Polinter no Rio de Janeiro.


Creche arrombada: após furtar merenda,ladrão ainda tomou banho antes de fugir

A creche municipal Girassol, na Avenida Rui Barbosa, no Centro, foi furtada no último fim de semana. Pelo menos quatro dúzias de ovos e grande quantidade de alimentos para a merenda escolar, como caixas de iogurtes, achocolatados, biscoitos, sucos, frutas e açúcar foram levados. Para invadir a creche foi cerrada uma corrente com cadeado e arrombadas duas janelas.
De acordo com a polícia, o ladrão provavelmente permaneceu por um algum período no estabelecimento, pois ao chegarem para trabalhar no início da manhã de segunda-feira, 4, os funcionários se depararam com um colchão no chão de uma das salas e roupas de cama reviradas junto a uma televisão. Antes de fugir, o ladrão ainda tomou banho e deixou uma toalha molhada e sabonete no chão do box do banheiro. A denúncia do furto foi comunicada à 151ª DP pela direção da creche.


Moto roubada é apreendida pela PM no Alto de Olaria

Policiais do Patamo 2 do 11º BPM apreenderam na noite de segunda-feira, 4, próximo a um escadão da Rua Xingu, no Alto de Olaria, a moto LUB 1610, roubada recentemente no município vizinho Bom Jardim. A recuperação ocorreu num acaso, quando os PMs promoviam uma operação no bairro para checar uma informação anônima sobre jovens que estariam fortemente armados e com ordens supostamente recebidas de traficantes presos em presídios do Rio de Janeiro para que os PMs fossem recebidos à bala, caso houvesse alguma operação de repressão ao tráfico no bairro, um dos mais populosos de Nova Friburgo.
Um dos jovens apontados na denúncia foi avistado pelos policiais e ao perceber que estava sendo seguido abandonou a moto e escapou por um escadão com acesso a uma trilha da mata do Sanatório Naval. Durante a apreensão da moto na 151ª DP foi descoberto que era roubada.
A PM conta com o apoio da população para denunciar anonimamente a circulação de homens armados ou atividades ilícitas no Alto de Olaria. As informações podem ser passadas pelos telefones 190 (ligação gratuita) ou o disque-denúncia da Agência de Inteligência (P2) do batalhão: 2523-4590.

Deixe seu comentário
Joseph -PTF
19/03/2013 - 10:13

This is quite interesting. Your article touches many urgent challenges of our society. It is impossible to be uninvolved to these challenges. This post gives the light in which we can watch our reality. Keep it up. lamisil in pregnancy



Colunistas

Outras Colunas