11/07/2012



Em Foco - 11/07/2012

David Massena
davidmassena52@gmail.com

A beleza irretocável de Giuliana Schuabb, Em Foco, nesta quarta-feira

A beleza irretocável de Giuliana Schuabb, Em Foco, nesta quarta-feira

MÁXIMA

De Alan Kardec:
“Você receberá, de retorno, tudo o que der aos outros, segundo a lei que nos rege os destinos”.


A CAPITAL DA MODA ÍNTIMA (I)

Em 2011, após a tragédia, quando a Satélite Fevest foi decidida, saiu uma nota na coluna Negócios&Cia, do Globo, comunicando a todo o país que a Feira seria realizada. Os fabricantes do Nordeste, que apostavam na ruína de Nova Friburgo, fizeram publicar uma matéria, no Jornal do Nordeste, feita com o presidente da Associação da Moda Íntima do Ceará (Amic). Foi esta pessoa que—sem números e sem provas—afirmou na entrevista que Nova Friburgo não era mais a capital da moda íntima. O problema foi que alguns friburguenses chegaram a dar voz a essa invenção de Fortaleza nas redes sociais.

A CAPITAL DA MODA ÍNTIMA (II)

Mas vamos pensar um pouco? Que outro polo está presente com mais de 10 marcas na feira de São Paulo, o principal mercado do país? A observação é da jornalista Marcia Savino, depois de retornar do Salão Moda Brasil, onde fez assessoria de imprensa para marcas de Nova Friburgo. “Lá não tem como expositoras empresas de Juruaia, Guaporé ou Fortaleza. Diferente de Friburgo, cuja produção é forte e aparece em São Paulo com a qualidade que produz. É um fato que fala por si e anula de vez o boato”, comenta a jornalista.

A CAPITAL DA MODA ÍNTIMA (III)

Somos a Capital da Moda Íntima e não se fala mais nisso!

BEM-VINDO! (I)

O colunista sabe o que representa a licença obrigatória que o amigo e companheiro de A Voz da Serra, Wanderson Nogueira, está vivenciando.
É como se a coluna que assinamos fosse arrancada de nós à força.
Mas este exercício cidadão e legal também nos leva a refletir sobre como os nossos leitores nos são importantes e a dimensão da nossa responsabilidade a partir daquilo que escrevemos.

BEM-VINDO! (II)

E como sou positivista, me atrevo a dizer ao nobre amigo, titular da coluna Observatório, que o bom do fato em questão é, sobretudo, a oportunidade de conhecermos mais um pouco um jovem talento friburguense, hoje interino da coluna, que tem nos brindado com notas enxutas, um texto correto e honesto e que não nos surpreende porque já sabíamos da sua capacidade e competência.
Seja bem-vindo, Hugo Lontra!

PATENTE

Para os amantes de animais aí está uma boa nova.
Foi aprovada a lei que quebra patente de medicamentos genéricos para animais, criada por Ricardo Tripoli.
Antibióticos, como o Revolution (antipulga), que custa cerca de R$ 50, deve ter seu preço reduzido a R$ 8.

NEM TUDO É

Um fato inédito assombra o Judiciário paulista.
Uma juíza de Guarulhos teve 99% de suas sentenças reformadas.
A OAB-SP reuniu sete volumes de reclamações de advogados contra a magistrada.

EXPO (I)

Até o dia 25 de julho, os friburguenses poderão conferir, no Centro de Arte, as exposições de Lincoln Nogueira, Chico do Couto, Lucas Mello e Lucas Ennes
A Sala Villa-Lobos abriga o “Desfile de Minicarnaval”, que foi criado em 2010 pelos adolescentes Lucas Mello e Lucas Ennes com o intuito de mostrar seu talento para o carnaval. O Minicarnaval já está na terceira edição e conta com mais de cinco agremiações, entre elas, a Unidos do Esquenta, atual campeã da modalidade, e a vice-campeã Corações de Ouro.

EXPO (II)

Na Sala Guignard, Lincoln Nogueira apresenta o trabalho Fita a Fita, composições com materiais alternativos como suporte para uma proposta cinética.
Persianas descartadas encontradas no lixo e cartões-postais que são distribuídos em locais públicos, por exemplo, viram obra de arte.

EXPO (III)

Na Sala Nêgo, o veterano Chico do Couto expõe suas obras e comemora 37 anos de dedicação às artes plásticas.
O artista é mestre em usar materiais recicláveis.
Retira da natureza pedaços de madeira para dar forma a expressivas figuras, e usa a argila para esculpir imagens do cotidiano.
O artista já expôs no Country Clube, Sesc, Sesi, Casa de Cultura, Galeria Mônica Araújo e por diversas vezes no Centro de Arte.

INFANTIL

No domingo, 15 de julho, a Tibicuera e Companhia apresenta o espetáculo “Um conto para Rosa”.
Baseado em texto de Cláudia Valli, a peça traz ao palco do Teatro Municipal, os atores Ludoval Campos, Ine Baumann e Otávio Reis sob a direção de Nara Keisermann.
O Circuito Cultural Sesi é uma parceria do Sistema Firjan com a Secretaria Municipal de Cultura.
A apresentação será às 15 horas, e é recomendada para todas as idades.


Colunistas

Outras Colunas

Leia o Jornal a Voz da Serra Digital, e fique sabendo tudo que acontece na região serrana!
+ Veja mais Charges