30/03/2015



Setor industrial de Nova Friburgo deve ter redução de ICMS

Márcio Madeira


Governo estadual sinaliza inclusão do município no rol das cidades que pagam 2% no ICMS


O deputado estadual Wanderson Nogueira (PSB) obteve sinalização positiva por parte do Palácio Guanabara quanto a possibilidade de inclusão de Nova Friburgo na lista de cidades beneficiadas com a redução do ICMS para a indústria. A medida tem potencial para alavancar o desenvolvimento econômico do município, uma vez que o índice atual de 19% seria reduzido para 2%, exceto nos segmentos ligados ao alumínio e ao petróleo, cuja redução seria de 19% para 12%.

Além de propor a inclusão de Nova Friburgo e Teresópolis, Wanderson Nogueira vem costurando desde fevereiro, quando assumiu o mandato, um pacto para assegurar que a proposta seja vitoriosa. Em reunião no colégio de líderes da casa, Wanderson Nogueira defendeu a proposta que sensibilizou o presidente da Alerj, Jorge Picciani, a liderança de governo, Edson Albertassi, e os demais deputados. "Já tivemos o aceno positivo do Colégio de Líderes e dos demais deputados, além do próprio Estado. Conquistada a atenção de todos para a questão, a batalha só termina quando oficializarmos a inclusão.”

Foi definido um prazo de 60 dias, com término no dia 23 de maio, para aprovação da proposta. O limite foi estabelecido para que o estado apresente um estudo contendo dados sobre os reais impactos e benefícios da redução do ICMS nos municípios já contemplados, e também para que a Alerj tenha tempo para analisar a possibilidade de inclusão ou retirada de municípios. A tendência é que apenas Nova Friburgo seja incluída, mas há possibilidade de Teresópolis e Araruama também entrarem na lista.

Para o deputado Wanderson Nogueira, a medida é essencial para que ocorra um maior desenvolvimento econômico nas localidades. "Essa redução representa a manutenção dos empregos atuais, a possibilidade de aumento de produção e consequentemente de maior renda para os trabalhadores. Além disso, a partir dessa inclusão, será tarefa de todos os agentes políticos iniciarem a busca por atração de novas indústrias na cidade, gerando assim mais oportunidades. É o primeiro passo para o renascimento de Nova Friburgo.”


‘Mural Federal’: Glauber reedita programa nesta segunda-feira

Dando continuidade ao projeto que busca ampliar a participação popular e dar mais transparência às informações, o deputado federal Glauber Braga (PSB/RJ) leva novamente o chamado "Mural Federal” para a Praça Dermeval Barbosa Moreira, nesta segunda-feira, 30. Nele estarão anexadas informações sobre todas as 16 obras federais disponibilizadas para Nova Friburgo.

A equipe do deputado também estará na Praça Dermeval Barbosa Moreira, apresentando documentos e tirando dúvidas da população. No mesmo dia o Partido Socialista Brasileiro de Nova Friburgo realiza um encontro com início previsto para 18h, na Câmara Municipal. Na ocasião, haverá filiação de novos militantes e também o início dos debates relacionados à conjuntura municipal.


Conselhos debatem Consórcio Intermunicipal de Saúde

Representação de Nova Friburgo adotou postura contrária à adesão

O município de Cantagalo sediou, na última quarta-feira, 25, o II Fórum dos Conselhos Municipais de Saúde da Região Serrana, que reuniu representantes de Nova Friburgo, Cantagalo, Cordeiro, Cachoeiras de Macacu, Duas Barras, Guapimirim, Macuco, Petrópolis, Trajano de Moraes e São José do Vale do Rio Preto.

Realizado no auditório da prefeitura, o fórum teve como pauta principal o debate em torno da adesão dos municípios ao Consórcio Intermunicipal de Saúde da Região Serrana (CIS-Serra). Paralisado desde 2011, o CIS-Serra é alvo de proposta para a reativação de suas atividades a partir deste ano.

Embora as discussões girem em torno da reativação do CIS-Serra, com a ratificação da adesão dos municípios ao sistema, há conselhos municipais de saúde que assumiram postura contrária. É o caso de Nova Friburgo e Guapimirim. Os conselheiros friburguenses afirmaram que não aprovam a adesão do município enquanto não forem ouvidos. Segundo eles, a adesão ao sistema anunciada pela Prefeitura não passou por sua aprovação, e por isso existe a necessidade de que sejam analisados os pormenores antes que uma decisão definitiva seja anunciada.




Colunistas

...

...

...

Outras Colunas

Leia o Jornal a Voz da Serra Digital, e fique sabendo tudo que acontece na região serrana!
+ Veja mais Charges